O PROJECTO

O projeto SEAWEED2PLANT visa o desenvolvimento de uma solução nutritiva (fertilizante) a partir de subprodutos da indústria das algas em Portugal, contribuindo positivamente para a eficiência de utilização de recursos, numa lógica da economia circular e contribuindo para as metas de redução de fertilizantes de origem inorgânica estabelecidos no Pacto Ecológico Europeu.

O projeto tem como objetivo aproveitar biomassas não conformes provenientes de sistemas de produção controlados da indústria de algas de elevado valor em Portugal, para desenvolver uma solução nutritiva com vista à obtenção de um produto inovador dirigido ao mercado das plantas de interior.

AS ENTIDADES PARCEIRAS

O projecto SEAWEED2PLANT resulta de uma parceria entre a Generosa e o GreenCoLab (Associação Oceano Verde), estando ainda representadas de forma indireta as empresas produtoras de algas Algaplus, Necton e Allmicroalae. O projecto foi aprovado no âmbito do Programa Crescimento Azul – EEA Grants Portugal, cujo objectivo visa aumentar a criação de valor e o crescimento sustentável na economia azul portuguesa.

Financiado por:

Através do Acordo sobre o Espaço Económico Europeu (EEE), a Islândia, o Liechtenstein e a Noruega são parceiros no mercado interno com os Estados-Membros da União Europeia.
Como forma de promover um contínuo e equilibrado reforço das relações económicas e comerciais, as partes do Acordo do EEE estabeleceram um Mecanismo Financeiro plurianual, conhecido como EEA Grants.
Os EEA Grants têm como objetivos reduzir as disparidades sociais e económicas na Europa e reforçar as relações bilaterais entre estes três países e os países beneficiários. Para o período 2014-2021, foi acordada uma contribuição total de 2,8 mil milhões de euros para 15 países beneficiários. Portugal beneficiará de uma verba de 102,7 milhões de euros.
Saiba mais em eeagrants.gov.pt

Operador do Programa Crescimento Azul:

         

Promotor:

Parceiro:

Projeto financiado pela Islândia, Liechtenstein e Noruega, através dos EEA Grants