Fotos via @_cunhamarques

 

As tuas plantas estão com folhas amarelas? Se não sabes, com alguma certeza, qual é a causa para este problema, terás de ir por “tentativa e erro”, já que são várias as causas para a tua planta estar a ficar com as folhas amarelas.

Vamos ajudar-te a resolver este mistério (quase digno de um livro de Sherlock Holmes!) indicando as cinco causas mais prováveis e as soluções mais eficazes. Mas terás de ter paciência, pois as plantas demoram a adaptar-se.


 

O amarelar das folhas nas nossas plantas de interior quer dizer sempre que a clorofila nas suas células está a desaparecer. Por norma, é um acontecimento irreversível, já que a folha tenderá a morrer e a cair. Mas não desesperes! As plantas têm a maravilhosa capacidade de gerarem novas folhas, pelo que se o problema não for generalizado e/ou avançado, há sempre forma de recuperares a tua plantinha.

1. STRESS HÍDRICO

O stress hídrico provocado por má gestão de rega, quer seja porque regaste a mais, ou a menos, é uma das principais causas para a tua planta desenvolver folhas amarelas. Os sinais podem ser acompanhados por outros sintomas, pelo que terás de ter atenção:

  • ÁGUA A MAIS no substrato durante vários dias faz com que as raízes das tuas plantas não consigam respirar e acabem por morrer (levando, consequentemente, à morte das folhas com o seu amarelecimento e queda). Normalmente, as folhas começam por ficar num verde pálido antes de passarem a um amarelo vivo. O substrato molhado/ensopado e o possível aparecimento de mosquinhas do solo (fungus gnats), assim como os pecíolos das folhas / caules da planta acastanhados, são todos sintomas de excesso de água. As folhas de baixo podem ser as primeiras a morrer, mas rapidamente toda a planta começa a ficar afectada.

         SOLUÇÃO: Reenvasa a tua planta e ajusta a rega.

  • ÁGUA A MENOS no substrato durante vários períodos, faz com que a água não chegue a todas as células das folhas da tua planta e esta começa por descartar algumas folhas para sobreviver. Além do amarelar, as folhas começam a encaracolar, a pender e a ficar quebradiças, acabando por cair.

         SOLUÇÃO: Rega a tua planta e ajusta a tua rotina de rega. Deves ainda pulverizar a tua planta periodicamente com o nosso PLANT FOOD – um bioestimulante que contém compostos bioativos cuja atividade torna as tuas plantas mais tolerantes aos efeitos destes stresses.

 

2. ENVELHECIMENTO NORMAL

O ciclo da vida não pára e acontece mesmo dentro das nossas casas! As nossas plantinhas continuam a ser influenciadas pelo tempo a passar e tal como nós, também envelhecem.

Se são somente as folhas mais antigas/maduras, normalmente as de baixo, que estão a ficar amarelas, e todo o resto da planta continua bonita e saudável, então aceita e agradece-lhes por terem contribuído para a fotossíntese (produzindo o ar que respiras).

 

3. FALTA OU EXCESSO DE LUZ

Para além do tempo a passar, as nossas plantinhas também são influenciadas pelas estações do ano e pela luz que entra pelas nossas casas.

  • LUZ A MENOS: Se consegues associar um amarelecimento mais acentuado a uma mudança de estação (por norma, uma estação do ano com menos quantidade e intensidade de luz, como é o caso do Inverno), então não te preocupes pois nada de mal acontecerá à tua planta. Por outro lado e independentemente das estações do ano, as tuas plantas podem estar a receber luz a menos para as suas necessidades. Se o amarelo é acompanhado por inclinação da planta para a luz (crescimento da parte aérea não uniforme), os períodos entre regas são muito longos ou o substrato não seca completamente entre regas, então terás de:

         SOLUÇÃO: muda a tua planta de local, aproxima-a mais da janela, acrescenta luz artificial e limpa periodicamente as suas folhas com o nosso LEAF CLEANSER para que o pó não bloqueie a fotossíntese.

  • LUZ A MAIS: algumas espécies de plantas de interior (lembra-te sempre que a maioria são plantas oriundas de florestas tropiciais, vivendo debaixo das copas das grandes árvores e onde a luz nunca chega directamente), como é o caso, por exemplo, das calateias, fetos ou lírios da paz, não gostam de estar perto de janelas ensolaradas. Se estiverem a apanhar sol / luz a mais, o verde das suas folhas irá tornar-se mais pálido, amarelando.

         SOLUÇÃO: Afasta-as um pouco da fonte de luz ou coloca-as numa outra divisão da casa (a nascente, por exemplo).

 

 

4. ADAPTAÇÃO A UM NOVO LOCAL

Se acabaste de trazer a tua planta da loja ou mudaste a decoração da tua casa, alterando o local onde ela costuma estar, ela pode ter de se ajustar às novas condições de luz, descartando algumas das suas folhas. Dá tempo ao tempo, mas mantém-na debaixo de olho. Se passado algum tempo, ela deixa de perder folhas e começa a criar novos lançamentos, então é porque está feliz!

 

5. DEFICIÊNCIA DE NUTRIENTES

Quando compras uma planta, por norma, o seu substrato tráz os nutrientes necessários para mais alguns meses. Mas se já tens a tua planta há algum tempo e nunca a fertilizaste, então o amarelecimento de folhas pode ser causado por deficiência de alguns nutrientes. Para manteres uma planta bonita ao longo do tempo não basta dar-lhe luz e água. Terás de lhe dar (e renovar) os nutrientes necessários para que continue a crescer saudável.

Se for este o caso, são, normalmente, as folhas mais jovens que começam por amarelar. O amarelo pode ser padronizado com as nervuras das folhas permanecendo escuras, por exemplo.

SOLUÇÃO: Deves periodicamente espalhar à superfície do substrato da tua planta o nosso SOIL BOOSTER – para além de melhorar a estrutura do substrato, o nosso potenciador de substrato favorece a atividade dos microrganismos benéficos, aumentando a disponibilidade dos nutrientes para as plantas.